Paola Novaes Ramos - Mini Currículo

12. 12. 23
Acessos: 1915

Professora Adjunta na área de Teoria Política do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília. Possui graduação e mestrado em Ciência Política pelo IPOL-UnB (Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília), e doutorado em Ciências Sociais pelo CEPPAC-UnB (Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas - Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Brasília), onde desenvolveu tese sobre culturas comparadas (Europeia, Inca e Tupinambá). Atualmente é coordenadora de linha de pesquisa no CIVES - Grupo de Pesquisa sobre Cidadania, Identidades e Valores Políticos, intitulada "Organizações Políticas Comparadas nas Américas", cujo foco é a percepção do fenômeno da violência por diferentes sociedades indígenas. Tem experiência nas áreas de Teoria Política, com ênfase em estudos sobre sistemas de crença, culturas comparadas e valores políticos. Na área de constelações familiares, teve contato com o pensamento de Bert Hellinger a partir de pesquisas contemporâneas sobre parentesco, quando iniciou estudos sobre a força das relações familiares dentro do Tahuantinsuyu, também conhecido como Império Inca. Tem formação em constelações familiares com Elisabete Carneiro e Laura Coutinho (2012), e pesquisa cristais, sociedades indígenas e sabedoria hindu desde 1995. Em 2011, durante o curso de formação, desenvolveu o Método Cardinal de Autoconhecimento, uma modalidade de constelação individual com o uso de cristais que associa os princípios da Terapia Sistêmica Fenomenológica de Bert Hellinger a mais três fontes de autoconhecimento: o Método Pathwork, sabedorias indígenas das Américas e sabedoria hindu, especialmente os Yogasutras de Patanjali e o Mahanirvana tantra.